VM no Paraguai – Assunção, uma capital com história, agito e muita gastronomia

O Paraguai é um país riquíssimo em história, cultura e natureza. Assunção, sua capital, já foi a cidade mais importante da América do Sul, fundamental para a colonização e desenvolvimento do território sul-americano. Estivemos por lá e vamos mostrar por que vale a pena dar um pulinho no país vizinho, muitas vezes esquecido e com tanta coisa bacana para oferecer!

asuncion
Fonte: Google.

Nuestra Señora Santa María de la Asunción, ou simplesmente Asunción, é a capital e maior cidade da República do Paraguai, localizada junto à baía de Assunção, na margem esquerda do rio Paraguai. Possui aproximadamente 750 mil habitantes e sua área metropolitana, denominada Grande Assunção, inclui mais 7 cidades. É uma das cidades mais antigas da América do Sul: foi fundada em 15 de agosto de 1537, por Juan de Salazar Espinoza, e logo ficou conhecida como ”Amparo y Reparo de la Conquista”, pois foi o centro de onde partiram os conquistadores para procurar ouro e prata no Alto Peru.

asuncion-2
Fonte: Google.

Vamos com um pouquinho de história:
Antes da Guerra do Paraguai (1864-1870), Assunção teve um acelerado avanço arquitetônico, mas foi bastante saqueada durante e após a guerra, tendo seu desenvolvimento interrompido por bastante tempo. Quase totalmente destruída, depois de um longo período a cidade voltou a se reerguer, com a construção de prédios modernos e restauração de antigos, podendo-se ver facilmente os contrastes de arquiteturas em um passeio pela cidade.

Asunci—n, Praguay
Foto: Google.

Até hoje o Paraguai carrega as consequências físicas, financeiras e morais das guerras por quais passou (de 1932 a 1935 passou por outra guerra, a Guerra do Chaco, com a Bolívia), que acabaram por devastar o país.

Mas agora, falando um pouquinho mais sobre a cidade propriamente dita, tenho que dizer que Assunção nos surpreendeu. A capital de los lapachos* é uma cidade viva, dinâmica e, posso dizer, parecida com muitas cidades do Brasil (havia momentos em que eu olhava ao redor e, tirando as placas em espanhol, eu poderia dizer que estava inclusive em Fortaleza, nossa cidade, rs).

asuncion-4
*Lapacho = ipê, planta nativa da América do Sul, costuma florescer em maio e deixa a cidade incrivelmente colorida! Foto: Google.

O clima de Assunção é subtropical, semelhante ao clima do Sul e Sudeste do Brasil: verão com aquele calor abençoado do tipo só-Jesus-na-causa e inverno de friozinho gostoso, podendo até ter geadas. É a capital ibero-americana mais quente em termos absolutos, devido à sua posição geográfica e à grande quantidade de construções, registrando temperaturas altas quase todo o ano (a sensação térmica supera facilmente os 45 °C nos meses de verão. Misericórdia!).

◊ Curiosidade 1: Assunção também é chamada de “Madre de la ciudades”, pois, durante a colonização espanhola, partiram dela várias expedições com o objetivo de fundar outras cidades da região sul-americana, entre elas Buenos Aires. Outro título de Assunção é “Cuna de la Libertad de América”, porque originou e foi palco da “Revolución de los Comuneros”, bem antes da Revolução Francesa.

Palácio do Governo.
Palácio do Governo.

Assunção se desenvolveu, mas é uma cidade cheia de contrastes. Apesar de grande parte do seu patrimônio histórico ter sido destruído, restaram alguns monumentos e casas que até hoje são habitadas. Mas, diferente de capitais como Buenos Aires e Santiago, onde podemos ver construções modernas e antigas convivendo lado a lado com frequência, o contraste de Assunção é bem concentrado por bairros.

OS BAIRROS

O centro da cidade é onde se encontra 90% das atrações culturais, históricas e turísticas, bem como é uma das partes mais antigas. Como a maioria dos centros de cidades da América do Sul (só não digo todas porque não conhecemos), há muitas lojas, restaurantes, bares e casas de câmbio. Nessa região também podemos ver bastantes indígenas guaranis vendendo seu artesanato nas ruas.

assunc%cc%a7a%cc%83o-16

Apesar dos contrastes serem mais ˜regionalizados˜, há bairros em que o humilde e o sofisticado ficam, literalmente, cara a cara. Isso tende a ser mais comum em bairros medianos, mais próximos ao centro.

Já nos bairros mais nobres, como Villa Morra, a predominância são construções modernas, prédios galantes e pomposos, ou casarões antigos, mas bem conservados e com aquele ar aristocrata. Engraçado que nesses bairros mais modernos, com vários shoppings, restaurantes granfinos e casas bonitonas, você quase não vê indígenas, um povo tão parte do Paraguai, enquanto que no centro da cidade e em bairros mais populares parece que eles são a maioria na cidade.

assunc%cc%a7a%cc%83o-13

Uma coisa que gostei bastante, e que poderia dizer que seria uma das grandes diferenças entre Assunção e Fortaleza (sério, gente, achei as duas cidades muito parecidas!), é que Assunção é bem arborizada. Existem muitos parques e ”pracinhas verdes“ pela cidade, o que eu particularmente acho que deixa a cidade bem mais agradável. Em todas as pracinhas que passávamos víamos paraguaios sentados, tomando seu tereré (bebida típica de lá), estudantes lendo livros, casais passando o tempo…

assunc%cc%a7a%cc%83o-12

Outro ponto que nos chamou atenção foi o fato de a maioria das praças de Assunção (e várias de outras cidades paraguaias) terem wifi! Siiimm… Meio lerdo, tendo que procurar o sinal direitinho, mas tinham!

assunc%cc%a7a%cc%83o-10

Em relação à segurança, não posso dizer que Assunção é uma capital 100% segura. Não tive nenhum episódio infeliz na cidade, nem mesmo taxistas enrolões, mas não senti que poderia andar despreocupada nas ruas, como em algumas outras capitais. Na realidade, a verdade é que hoje em dia você não pode dar bobeira em lugar nenhum do mundo, pois gente maldosa existe em qualquer canto. Os pontos turísticos eram policiados, mas se até um policial nos advertiu ao entrar em uma praça com câmera na mão para fotografar é porque realmente é um local onde se deve estar mais alerta, principalmente no centro (mais uma semelhança – essa, infeliz – com nossa cidade).

Algumas informações práticas:

CUSTOS DE HOSPEDAGEM, RESTAURANTES E PASSEIOS

De forma geral, achei os valores praticados em Assunção muito parecidos com os praticados em várias cidades do Nordeste, sendo apenas um pouco abaixo. Como em qualquer lugar, os custos que você vai ter vai depender do tipo de viagem, do nível do hotel e dos restaurantes.

< Já conhece nossa página no Facebook? Clique aqui e curta nossa página para saber de muitas novidades sobre viagens e gastronomia! >

Em restaurantes bons, mais sofisticados, os pratos saem de R$ 40 a R$ 60 reais por pessoa em média. Restaurantes bons, mas mais simples, você consegue comer bem com cerca de R$ 25 reais. Em hotéis bacanas, mas não tão luxuosos, a diária custa em média de R$ 250 a R$ 300 reais. Os táxis lá não são caros, corridas de 10min costumavam dar em torno de R$ 20 reais. Drinks entre R$ 10 e R$ 20 reais (em barzinhos mais arrumadinhos) e cerveja em média R$ 8 reais.*

Assunção não é baratíssima, mas entre as capitais sul-americanas achamos uma das que tem o melhor custo-benefício, come-se e bebe-se muito bem pagando um valor um pouco menor do que em lugares do mesmo nível em outros países.

*Valores aproximados de maio/16.

ONDE TROCAR MOEDA

A moeda do paraguai é o guarani. Tome cuidado pois ele tem vários zeros e você pode facilmente confundir uma nota de 1.000 com 10.000. A cotação é algo como 1 real = 1650 guaranis e 1 dólar = 5.510 guaranis. (out/16).

Nos tempos de dólar alto, não acho que seja vantagem comprar dólar para trocar por guaranis e nem comprar guaranis no Brasil. Há uma casa de câmbio no aeroporto (a cotação não é boa, mas é melhor que a do Brasil) e sempre há a opção de sacar da sua conta (consulte seu banco para saber se as taxas valem a pena). Como nós fomos para lá partindo de Foz do Iguaçu, nós compramos um pouco de guarani em Foz, em uma casa de câmbio que tinha uma cotação bem parecida com a de Ciudad del Este, e depois compramos mais quando chegamos em Assunção.

asuncion-5
No Paraguai você tem a oportunidade de ser milionário facinho, facinho. #rycosporumdia

Sem sombra de dúvidas, o melhor local para trocar moeda é no centro, nas casas de câmbio nos arredores da Calle Palma. Tem várias, você pode dar uma volta e comparar os preços. Uma das melhores cotações é na Cambios Chaco. No site deles também é possível ver quanto tá a cotação e resolver se é melhor levar dólar ou real.

É importante frisar que lá quase 100% dos estabelecimentos aceitam real e dólar, mas a cotação é na maioria das vezes pior do que se você for trocar a moeda na casa de câmbio.

ONDE FICAR

Nas minhas pesquisas, achei duas localizações muito boas para se hospedar. Uma é perto do centro e no próprio centro, onde existem vários hotéis bacanas, como o tradicional Guaraní Explendor, e fica perto das principais atrações turísticas. A outra foi nos arredores dos bairros Villa Morra, Manorá e Ycua Sati, esse último bairro onde fica o Shopping del Sol, na região mais moderna e desenvolvida da cidade, com muito comércio. Há, inclusive, opções bem próximas a esse shopping, o que é ótimo, pois é um ponto de apoio para pegar táxi e comer. Em frente ao shopping tem um Ibis e um Sheraton, e nos arredores várias outras opções bacanas.

ONDE COMER

Em relação à gastronomia, o Paraguai foi fortemente influenciado pela culinária tupi-guarani, então grande parte das comidas típicas do país vem de pratos dessa cultura. Mas Assunção possui uma cena gastronômica incrível, com diversos restaurantes maravilhosos e opções que agradam a todos os paladares e bolsos. Inclusive, foi lá que comemos a melhor carne de uma viagem que também passou pelo sul do Brasil e Argentina. Siim, Argentina! Comemos em um restaurante que superou a rainha das carnes. Acredite, você vai se dar de bem por lá!

assunc%cc%a7a%cc%83o-17
“A” carne. Chegou fumaçando! Uma das melhores carnes da vida, e olhe que de carne a gente entende, já experimentamos alguns dos melhores restaurante do sul do Brasil e Argentina!! Obs.: ela está cortada ao meio porque eu pedi “bien cocida“, e veio sensacional, macia e suculenta!

Em outro post vou dar dicas de restaurante na cidade, mas, já vou adiantar algumas comidas típicas paraguaias, afinal, uma das melhores coisas de uma viagem é conhecer o que cada lugar tem de único, e isso inclui a gastronomia!

¤ Chipa – salgado feito com polvilho e queijo, parecido com o pão de queijo brasileiro. É encontrada tanto no formato de ferradura quanto de rosca e adoramos!!

¤ Sopa paraguaya – espécie de torta feita com farinha de milho e queijo.

¤ Picaditos – parecidos com nossos espetinhos, com tiras de carne, pimentão e cebola, com ovo opcional, acompanhados de mandioca. Nunca peça para trocar por batatas. Mandioca é quase que uma comida sagrada para os paraguaios.

¤ Tereré – bebida de origem guarani a base de mate muito consumida por todos que, diferentemente do chimarrão, é consumido gelado (com gelo e tudo!). O tradicional é feito com ervas e chás cevados.

¤ Puchero – um cozido com arroz e legumes, e a sopa paraguaya (ok, pode dizer, esse nome também te lembrou outra coisa, hehehehe).

¤ Bori bori – um caldo local que leva carne ou frango.

¤ Soo apua – bolinho feito com carne parecido com a nossa almôndega.

COMO SE LOCOMOVER

Assunção não possui metrô, apenas ônibus como transporte público. Não recomendo utilizar, já tinha lido em outros blogs que não era muito seguro e lá também não indicaram, principalmente porque andávamos com câmeras e outros itens de valor. Sempre pegamos táxis credenciados, chamados pelos restaurantes, pelo hotel ou os oficiais de shoppings. O uber também está presente por lá! Não tivemos problemas com os taxistas, mas sempre dava o endereço certinho de onde queria ir.

⇒ Dica: Fale o endereço exato para onde quer ir, com referências.

Essa dica vale para qualquer destino, pois em todo lugar existem aqueles taxistas metidos a espertos, que querem enrolar o turista. Para minimizar o risco disso acontecer com você, dê uma olhadinha antes de sair no Google Maps e fale (ou mostre escrito) para o motorista a localização exata do lugar para onde quer ir, e não apenas o nome do lugar. Por exemplo, “calle Oviedo con Arenitas”, “calle Oviedo entre Arenitas y Rodeo”. Quanto mais informação sobre o local você tiver, melhor. Eu costumo dizer até o bairro e algum local perto: “calle Oviedo con Arenitas, en el barrio Catedral, cerca del shopping Casablanca”. Assim o taxista se intimida de errar o caminho propositadamente, pois vai achar que você sabe exatamente por onde ir!

Nota pessoal: Sou tão cismada com taxistas que, dependendo do lugar, boto até a rota no meu celular e vou acompanhando para ver se ele está indo pelo caminho mais curto mesmo. #soudessas

assunc%cc%a7a%cc%83o-7
Rua no centro.

⇒ Dica 2: Entregue o dinheiro contando direitinho
na frente do taxista e com a luz acesa.

Por conta dos muitos zeros que não estamos acostumados, o taxista (ou qualquer comerciante) pode dizer que você deu uma nota de 1.000 em vez de uma de 10.000, ou então lhe devolver o troco errado e você não perceber. Por isso, na hora de fazer qualquer pagamento em dinheiro, confira direitinho e até conte o valor das cédulas em voz alta para confirmar que não está havendo erros (já deu para perceber que eu detesto ser enrolada, né? 😛 ). Essa é outra dica que vale para qualquer parte do mundo.

O QUE FAZER

Existem cidades que uma das atrações é caminhar por suas ruas, como a linda e apaixonante Paris (veja o artigo “Top 20 Paris” aqui), mas Assunção não faz parte desse grupo. A caminhada só é agradável na avenida Costanera, uma avenida beira rio com um calçadão relativamente novo, onde os assuncenos fazem atividades físicas, passeiam no fim de semana e relaxam. Fora isso, caminhadas só pelo centro histórico para conhecer mais sobre o passado e cultura da cidade, ou então em um de seus parques.

Avenida Costanera.
Avenida Costanera.

Na avenida Costanera é super agradável caminhar, andar de bicicleta (há pontos para alugar nos fins de semana e no fim do dia) e patins ou simplesmente sentar em um de seus bancos, no calçadão ou na areia, olhando para o rio Paraguai ou assistindo à movimentação da cidade.

assunc%cc%a7a%cc%83o-11

< Quer personalizar sua viagem? Faça um roteiro conosco! Envie um e-mail para contato@viagensemenus.com e peça um orçamento sem compromisso. Sua viagem a sua cara, do jeitinho que você sonhou! >

assunc%cc%a7a%cc%83o-8

Outra coisa a se fazer é aquele velho e bom programa-turistão, de visitar museus e centros culturais, a principal rua do centro da cidade e outros pontos turísticos clichês de toda capital. Em um próximo post vou contar como foi o City Tour que fizemos com uma agência de lá, a Martín Travel, e vou falar sobre todas as atrações turista-precisa-ir.

assunc%cc%a7a%cc%83o-6
Monumento em homenagem ao Mariscal Francisco Solano López

Para quem procura um balacubaco, Assunção também não decepciona. A cidade possui uma vida noturna agitada, com diversos bares e boates. Um dos locais mais bacanas é o Paseo Carmelitas, uma espécie de shopping a céu aberto, só que, em vez de lojas, há bares e restaurantes. É o local mais frequentado pelo público jovem e abastado de Assunção, e tem uma diversidade muito boa, tanto no próprio shopping como nos arredores. Uma ótima opção para passar o sábado à noite!

Paseo Carmelitas.
Paseo Carmelitas.

◊ Curiosidade 2: Em 2009, a cidade foi designada pelo Bureau Internacional de Capitais Culturais como Capital Americana da Cultura, tendo cerca de 4 mil atividades culturais, entre concertos, festivais, encontros internacionais, e feiras.

assunc%cc%a7a%cc%83o-1
Nos arredores do Paseo Carmelitas, vários bares e restaurantes com mesinhas nas calçadas. Adorei a vibe!

COMPRAS

Assunção não é como sua prima, Ciudad del Este, bastante conhecida pelos brasileiros pelas “muambas” e produtos com valores mais baixos, isentos de imposto. Na capital os preços são equivalentes aos do Brasil, não vi vantagem em ir para lá para fazer compras. Aliás, nem em Ciudad del Este eu vi, os preços não estão compensando como antigamente, salvo um pouco os eletrônicos e perfumes.

< Clique aqui para reservar seu hotel em Assunção com desconto e segurança no Booking.com! >

No centro da cidade há várias lojas e creio que lá é o local onde os preços são mais competitivos quando se trata de eletrônicos, perfumaria e outras bugingangas. Mas cuidado! Assim como em Ciudad del Este tem que prestar bastante atenção para não comprar produtos falsificados. Um local bastante indicado e conhecido é a Galeria Central, que tem uma entrada pela Calle Palma e outra pela Calle Estrela, entre as ruas 15 de Agosto e Juan E. O’Leary. As lojas lá são confiáveis e achei os preços bonzinhos.

assunc%cc%a7a%cc%83o-18

Há quem diga que visitar shoppings quando se viaja é perda de tempo, futilidade, blá blá blá, mi mi mi… Eu não acho! Adoro conhecer pelo menos um shopping do local onde vou. Não necessariamente para fazer compras, mas para observar os hábitos das pessoas, como se portam, como se vestem, o que está em alta naquela cidade (pelas vitrines você consegue descobrir muuuita coisa), enfim, sentir-me um pouco mais parte daquele lugar. Afinal, quem não vai ao shopping na sua própria cidade, nem que seja para ir ao cinema ou passar o tempo?! Agora, lógico, em certos lugares há tantos shoppings que tem os que são mais frequentados por turistas e os que são mais frequentados pelos locais. E, adivinha, eu sempre gosto de ir para a segunda opção!

No caso de Assunção, como a cidade não tem tantos shoppings assim e nem um polo de lojas como um outlet, o shopping mais frequentado pelos locais é também o shopping sugerido para os turistas, o Shopping del Sol.

assunc%cc%a7a%cc%83o-3

Moderno, com uma arquitetura belíssima, ótimos restaurantes, cafés e lojas (a maioria de marcas paraguaias e sul-americanas). Lá tem a sorveteria Freddo (a queridinha argentina), a Paris (a mais famosa do Paraguai e deliciosa), o Café Martinez (café bastante frequentado e com ótimas sobremesas) e um café da marca argentina Havana, famosa pelo seu alfajor. Não é muito grande, dá para visitá-lo todo em 2h. Achamos super agradável!

assunc%cc%a7a%cc%83o-5

Os preços são semelhantes aos praticados em shoppings do Brasil, carinhos, se comparados aos do centro, mas com a vantagem de a moeda de lá ser um pouco mais desvalorizada. Então, se de repente você encontrar algo lindo e único (mensagem direta para você, que adora uma roupinha nova #tamojunta), não vai custar os dois olhos da cara!

assunc%cc%a7a%cc%83o-4

Se você acha que o Paraguai é todo parecido/se resume à Ciudad del Este, esqueça. Assunção não tem nada, absolutamente nada de parecido com CDE. Ops, perdão, lá alguns também falam espanhol. 😛

A capital paraguaia realmente nos surpreendeu. Confesso que esperava encontrar uma cidade feinha, antiga, com algumas boas opções de restaurantes, (já tinha lido que a gastronomia de lá era maravilhosa), com hotéis medianos e uma atmosfera mais provinciana. No entanto, o que encontramos foi uma capital dinâmica, com prédios de arquitetura moderna (alguns até metidos a futuristas), shoppings com lojas de marcas de qualidade, locais ou internacionais, inúmeras opções de restaurantes fantásticos, hotéis 5 estrelas com estrutura de altíssima qualidade, diversas opções de lazer e, ao mesmo tempo, uma cidade que ainda preserva as raízes indígenas do país e conserva costumes e tradições. Ficamos 3 dias e foi pouco, definitivamente a capital merece uma (segunda) visita e uma oportunidade para mostrar ao mundo o quão interessante ela é.

asuncion_nocturno
Foto: Google.

Se você já foi à Assunção e tem mais dicas, deixa nos comentários. Se tem dúvidas, deixa lá também! 😀 Beijos!

→ Gostou desse post? ←

Se sim, gostaríamos de pedir a sua ajuda para continuar explorando o mundo e escrevendo! Ao fazer sua reserva através dos links abaixo, você não pagará nenhum valor a mais, mas nós receberemos uma pequena comissão dos parceiros.  Desde já agradecemos, de coração!! ❤

Para reservar um hotel no Booking.com (várias opções, muitos descontos), clique aqui.
Para alugar um carro no Rentalcars.com (reúne várias locadoras), clique aqui.

Banner Seguro Viagem

 

 

 

 

Anúncios

Autor: Livia | Viagens & Menus

www.viagensemenus.com - aqui compartilhamos muitas dicas e relatamos nossas experiências ao redor do mundo. Um espaço para quem gosta de conhecer novos lugares e comer bem. Enjoy! :)

24 pensamentos

  1. Muitooo legal o post. Já fui mais de uma vez e esse ano vou de novo e adoro. Temos que desmitificar essa cidade que so tem coisas bacanas.

    Curtir

  2. Fui um baile em Assuncionnn, capital do Paraguay, onde eu vi as Paraguayass sorridentes a bailaaaaaaar… hahahah cresci cantando e ouvindo essa música , sou de Campo Grande MS e tem uma cidade fronteira, Ponta Porã onde sempre vamos comprar coisinhas baratas 😀 Showww o post!

    Curtir

  3. O Paraguai é um país que quase ninguém tem vontade conhecer, né? Mas fiquei sabendo que é um país incrível e que nada tem a ver com Ciudad del Este. Gostei bastante de ler esse artigo e saber que o país vai muito além de das compras baratas e “muambas”. Obrigada por compartilhar conosco! Bjs!

    Curtir

  4. Sempre tive muita curiosidade sobre Assunção, e até vontade de ir, por isso adorei seu post tão explicadinho e fiquei com ainda mais vontade!!
    Adorei

    Curtir

  5. Excelente post como sempre! Super completo, bem representado com boas fotos e com uma das partes que mais adoro – as dicas culinárias! Fique com água na boca, sobretudo com o pão de queijo paraguaio!

    Curtir

  6. adorei o post! Nunca vi nada sobre Assunção e seu post me chamou muita atenção, eu não tinha idéia de como era nem do que esperar, lugar super bonito e com bastante coisa para fazer!

    Curtir

  7. Que post maravilhoso. Mais uma vez estou encantada com a escrita de vocês.
    Amei o post, praticamente um guia completo da cidade. Até fiquei curiosa e com vocntade. Adorei as dicas dos restaurantes 😉

    Curtir

  8. Só conheço Ciudad del Este e achava que o Paraguai era um pouco daquele jeito. Mas seu post, super completo, já me de uma ideia bem diferente….bem legal quando a gente se surpreende com uma cidade. bjs

    Curtir

  9. Nossa, nunca me imaginei visitando o Paraguai além de Ciudad del Este, mas deve ser bem bacana!!! Aliás, pensando em Paraguai a primeira coisa que vem a cabeça é muamba, nesse quesito deve ser meio decepcionante aí …

    Curtir

  10. É de destinos assim que eu me apaixonou: cheia de historia e cultura!
    Que post completo, muito bem detalhado e com as informações essenciais para visitarmos Assunção!

    Curtir

  11. Não conheço ainda assunção mas já achei lindíssimo, e percebi que é bastante limpa a cidade e também parece ser segura, eu já fui duas vezes a cidade del leste kkk, afinal quem resisti as compras!!!

    Curtir

  12. Precisamos conhecer Assunção, até porque quando perguntam que lugar eles não voltariam nunca, eles dizem Paraguai (rs), mas já falei para não generalizarem porque conhecemos só um “pedacinho” do Paraguai. Adorei as dicas e ri alto com o calor que só-Jesus-na-causa

    Curtir

  13. Muito bom o post, como disse ali eu também achava que era uma cidade feia e suja, mas esse post me surpreendeu, arquiteturas modernas e eu pensava que seria tudo histórico, até wi-fi nas praças tem rsrs, gostei das dicas para troca de moedas nas casas de câmbios do centro, por que em outro lugares a gente acaba trocando em qualquer lugar e sai no prejuízo.

    Curtir

  14. Temos (generalizando) um certo preconceito com viajar para certos paises proximos, principalmente paises considerados pobres. Isso eh um grande erro, pois acabamos perdendo bastante! Fantastico esse post de um lugar que tenho muita vontade de conhecer! O Paraguay parece ser fantastico! Valeu pelo post bem detalhado!

    Curtir

  15. No Paraguai só conheci até agora Pedro Juan Caballero, quando ia para Ponta Porã, que é um município brasileiro do Mato Grosso do Sul que faz divisa com a cidade. Fiquei curiosa agora para conhecer a capital.

    Curtir

  16. Muita coisa incrível para fazer em Assunção, nunca pensei. Bom saber que tem bons restaurantes e que não sai tão salgado para nós brasileiros. Numa próxima oportunidade irei conhecer.

    Curtir

  17. uau… gostei muito do seu post, não tinha ideia de como seria esta cidade. Na verdade nunca tinha pensado em ir, mas agora achei tão bonitinha que pode ser que um dia apareça por lá. Valeu pelas dicas.. bjs

    Curtir

  18. Que post completíssimo!!! Mandou muito bem!!! Nunca na vida eu ia imaginar que bate 45 graus em Assunção.. É tão ao sul que parece ter temperatura amena o ano todo!

    Curtir

  19. Que legal esse post! Muito completo! Ainda não conheço Assunção, mas já ouvi falar muito bem. O PY seria um país muito próspero se não fossem as guerras… muito chato isso né? Eu moro em MS, e aqui temos muita influência da gastronomia paraguaia!

    Curtir

  20. Nossa! Me surpreendi lendo aqui e vendo quantas coisas legais pra se fazer. É como vc disse no inicio do post, uma cidade meio que esquecida pela turistada. Valeu por compartilhar tantas dicas, e todas ricas em detalhes, abraços

    Curtir

  21. Olha… só fomos no Paraguai quando fomos em Ciudad del Este. Comprar muamba, claro. Não tinha tanta vontade de conhecer Assunción, mas, com o seu post, a cidade ficou mais interessante 🙂 Parabéns pelo post!

    Curtir

O que achou? Comente aqui! Clique em "seguir comentários" para ser notificado por e-mail sobre a resposta.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s